Siga-nos nas Redes Sociais:

VIGILÂNCIA SANITÁRIA VISITA ESCOLAS PARTICULARES PARA VERIFICAR SE PROTOCOLOS SANITÁRIOS DE COMBATE À COVID-19 ESTÃO SENDO SEGUIDOS

A Vigilância Sanitária de Salgado, como faz todas as semanas, visitou hoje, dia 19, as cinco escolas particulares do município. Dois membros do órgão passaram pelas três instituições da sede do município: Centro Educacional Modelo, Instituto de Ensino Santa Terezinha (IEST) e Centro Educacional Crescendo e Aprendendo (CECA). E também nas escolas do povoado Água Fria: Centro Educacional Dengoso e Centro Educacional Aprendendo com Alegria. O objetivo foi verificar se cada escola está seguindo os protocolos de prevenção contra a Covid-19 e se podem, portanto, seguir funcionando.
As escolas retomaram as aulas após cumprirem todas as exigências da Vigilância Sanitária em termos de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), higienização e distanciamento social. De acordo com a coordenadora da Vigilância Sanitária, Ana Fábia Bonfim, nenhuma escola apresentou irregularidades e todas podem seguir com as aulas.
“Todas as escolas estão seguindo os protocolos sanitários e podem seguir funcionando durante mais uma semana até a próxima visita. Portanto, os pais podem mandar seus filhos tranquilamente para as escolas, pois elas estão seguindo todas as normas. Mas também é importante que os pais obedeçam as regras de proteção ao coronavírus e façam sua parte porque a escola é um ambiente seguro”, garante a coordenadora.
Cada escola deve ter tapete higiênico, totem de álcool em gel 70%, verificador de temperatura, sala de isolamento e carteiras distanciadas entre 1,5 m a 2 m de distância. Além disso, os funcionários devem usar máscara, aventais e viseira. Os alunos não podem compartilhar brinquedos nem material escolar, devem lavar as mãos, fazer o lanche sentado na carteira, usar álcool em gel, utilizar a máscara durante todo o tempo de aula e manter o distanciamento. Na hora de sair da escola cada turma deve sair em momentos diferentes para evitar aglomerações.
“Nós estamos seguindo todas recomendações sanitárias. Utilizamos álcool em gel para as mãos e também o álcool líquido 70 para higienizar os brinquedos, os calçados e as bolsas das crianças. E nos momentos de recreação dos alunos mantemos sempre o distanciamento”, explica a diretora do Centro Educacional Aprendendo com Alegria, Rosiana dos Santos.
No Centro Educacional Dengoso, a equipe da Vigilância Sanitária é sempre bem vinda e as orientações são fundamentais para o andamento do ensino da instituição. “A presença da Vigilância Sanitária contribui muito para o nosso trabalho e nós necessitamos muito desse suporte. Além disso, os pais ficam tranquilos em saber que podem deixar seus filhos em uma escola que cuida dos seus filhos”, afirma a diretora Edivaneide Santos.
Consuelo Freitas e Jeany Santana são responsáveis pelo Instituto de Ensino Santa Terezinha (IEST). A escola se esforçou para se adequar às adaptações após a retomada e se empenha para atender aos protocolos e seguir com os trabalhos.
“Nós estamos fazendo tudo de acordo com as recomendações das autoridades da saúde para que futuramente a gente não volte a fechar a escola”, explica Consuelo.
“Para que as escolas fossem reabertas a Vigilância Sanitária teve um papel fundamental e as visitas semanais estão nos ajudando bastante. As portas da nossa escola estão sempre abertas para a Vigilância”, garante Jeany.
No Centro Educacional Crescendo e Aprendendo os alunos estão frequentando as aulas em dias alternados para se adequar às recomendações. “Não tenho que reclamar. Pelo contrário, agradeço muito a equipe da Vigilância Sanitária pela parceria e pelas orientações que tem nos dado”, afirma a diretora Eliziana Batista.
“A Vigilância esteve presente o tempo todo e indicou tudo o que a gente precisava para se adequar. E eles têm dado todo o suporte necessário para seguirmos com as aulas e eu não tenho nada de negativo para colocar no trabalho deles”, frisa a diretora do Centro de Educacional Modelo, Nayra Freitas.

Scroll to top
Skip to content